Por semanas

20:33



De todos os meus erros fatais o pior foi você. De todos os meus erros e defeitos desistir de nós foi o que mais me arrependeu. Por semanas eu me surpreendi, dessa vez (depois de tantos outros acaba-e-volta) estava sendo fácil e simplesmente fluindo melhor. Por semanas eu investi em deixar a vida me levar, sem que a minha crise neurótica-obsessiva-controladora atacasse e mudasse o rumo de tudo. E por semanas consegui. 

- É sério. Estou realmente bem. Não tive nenhuma recaída. 
- Por enquanto...
- Por enquanto? HAHAHA! Por enquanto não, para sempre. Mas sabe, até que eu tava precisando dessa desintoxicação de filme romântico, porém eu continuo achando que tem um príncipe por aí a minha procura, só que ele ainda não sabe. 
- E você, já sabe?
- Se eu sei quem é? Hmmm... Talvez, só talvez, eu já o conheça. 

A minha nova fase de não ter "nova" fase deu certo, é, até certo ponto. 

- Alô? Amiga? Aquele babaca tá aqui! O que eu faço? Eu tava vindo ao banheiro e dei de cara com ele e uma garota! Ela é um luxo de beleza. Eu não vou sair daqui até eles irem. Não mesmo. Eu to com o Nando, mas o Nando é amigo dele também e com certeza já sabia. Vou espiar... Ai, que merda! Eles estão na MINHA MESA! Eu to HO RRI VEL! Heeeelp me!

A acompanhante dele era uma ruiva linda e de olhos brilhantes, era o tipo dele. Segundo o Nando ela se parece comigo, como pode isso? "Ela é a tua versão ruiva." O Fernando é ridículo! Voltei para a mesa e não consegui comer, falar, respirar, nem ao menos viver. Parecia uma planta, vegetando lá, tentando esconder o ódio e o ciúmes. Não dormi a noite toda só pensando na minha cara de "não acredito que você já tá com alguém", tudo bem que já se passaram três meses mas eu esperava que ele ainda, sei lá, esperava que... Deixa. Agora eu sei, não há príncipes a espera de plebeia.

Você também pode gostar

0 comentários