Quem precisa desse amor?

01:34




              https://www.youtube.com/watch?v=Oc2ByRFHzE0


“Cuidado com o que desejas”. Ecoa na minha cabeça como um grito desesperado de alguém tentando avisar, entenda que passos dados nessa caminhada não podem voltar atrás. Parece-me realmente feio, mesquinho, talvez até infantil dizer uma coisa dessas, mas desde o começo fomos um erro, um erro que insistimos em cometer. Algumas pessoas não foram feitas para caminhar juntas. Não me arrependo de ter errado, errei desejando com todas as minhas forças ter acertado.
Hoje sonhei com você, acordei com aquela angústia, aquela maldita angústia que dá cada vez que você passa por mim como um vulto desconhecido, que olho nos seus olhos e só enxergo um imenso vazio. “Cuidado com o que desejas”, desejei nunca mais precisar juntar os cacarecos que você deixava pra trás quando fazia as malas e ia embora, me esqueci de desejar não precisar juntar os pedaços do meu coração depois que você parou de espalhar as coisas pela casa. 

Resolvi admitir pra mim que sinto falta de nós, que queria que você merecesse o meu amor, e mais uma vez... “cuidado com que desejas”. Não sei quem te ensinou a amar, não sei que tipo de amor você conheceu, não sei o que é amor pra você, mas todas as vezes que você veio até mim e fez questão de me machucar só pra chamar atenção, eu soube que você não merecia. Afinal, que amor é esse? Quem precisa desse amor?

Você também pode gostar

2 comentários

  1. Perfeito... simplesmente perfeito. Não é apenas inspirador, como desperta pra realidade aquilo que realmente sentimos.

    ResponderExcluir