Tiro ao alvo

21:11

Eu não quero sentir isso, então por favor, que seja rápido. - Eu repetia incessantemente na minha cabeça, após fazer uma daquelas perguntas extremamente difíceis de se aguardar a resposta; daquelas perguntas que a resposta precisar ser rápida, assim como quem puxa a folha de cera fria, de uma só vez, rápido, sem prolongar a dor; e a resposta vem como um tiro certeiro, bem no meio do peito... 
É, talvez eu não estivesse preparada. 
Mas quem está preparado psicologicamente quando o assunto é sentimento? Te afirmo que nem o mais aparentemente insensível ou o mais maduro. 
As palavras vem como uma rasteira, no momento mais inoportuno e despreparado, que é para ver se você tem estrutura. E mesmo que você já tenha imaginado aquele momento um milhão de vezes na sua cabeça - ou tenha ensaiado cada fala, cada possível situação -, a sua reação sempre te entrega.
Uma palavra te é atirada e você sente como uma flecha bem no meio do seu peito, te rasgando lenta e dolorosamente. 

Você também pode gostar

0 comentários